terça-feira, março 29, 2011

O inevitável passar do tempo...




Daqui 5 dias eu completo mais um ano de vida e esse ano meu filho Guilherme, que completa 12 anos em maio, saiu com seus amiguinhos para o cinema (e sem mim) pela primeira vez.
Fiquei ansiosa pra buscá-lo no horário que marcamos, mas passei uma tarde me movimentando normalmente e pensando em como será daqui pra frente... Constatei que ele está crescendo... E o tempo está passando!
E perceber o tempo passar não deveria mudar a rotina de ninguém, mas pensar que se está envelhecendo é algo assustador. (Tá, ninguém que eu conheça fica parada pensando e sofrendo:" Gente!!! O tempo tá passando!!! O que farei????").
Mas, pensar que seu viço, em algum momento, não fará mais parte de vc é algo que dá medo sim... Conheço muitas histórias de pessoas, principalmente mulheres, que não conseguem encarar esse período com dignidade, que se cobram, se travestem de jovenzinhas, que competem com filhas, que se perdem na dura realidade de ver o tempo passar... enfim... que não sabem envelhecer com sabedoria...

Pausa dramática...

Aff! To parecendo uma velha coroca falando isso tudo. Quero envelhecer bem, linda e disposta para acompanhar as coisas boas da vida!!! Então, deixo claro aqui algumas observações que me fazem parecer beeem mais nova:

• Engravidei aos 23 anos. Idade excelente e que me permite compartilhar hoje a minha juventude madura com o início da adolescência do meu filho;
• Nunca ninguém acertou a minha idade, Graças à Deus!!!! Sempre me dão oito anos a menos. Já fiz até testes desses de revista tipo Cláudia e Marie Claire (kkkkkk) que dizem a idade de sua pele e/ou aparência e sempre dá resultado favorável a mim....Tanks God!!!
Na minha época de solteira (!!!!!) Muitos gatinhos novinhos me paqueravam...
• Meu marido é 4 anos mais novo... (coisa booooa!!!!rsrsrs)
• Me alimento muito bem.
• Pratico exercícios regularmente.
• Não bebo. (tá, só um vinhozinho de vez em quando, vai...)
• E apesar dos meus siricuticos de Ariana, sou muito satisfeita com minhas escolhas de vida.
Ah, e tenho quase certeza que meu pai me registrou com data antecipada pq ele queria que eu votasse...hahahahahahaha (é que minha idade mental, não bate com os estudos clínicos!!!!)

Talvez seja uma forma de sabedoria não contar o tempo pela idade que se vai adquirindo e sim pelos bons acontecimentos da vida, como a evolução de um filho... No meu caso escolhi ver o tempo passar assim. (E meu filho é meu companheirão e amigo nessa contagem. Ele me acha gata quando estou toda escabelada e arrumando o seu café da manhã, diz que eu sou a mãe mais linda da escola dele e tal...hehehehe) e me faz pensar que aparência tem a ver com tranquilidade e satisfação.
Então chego à conclusão que minha idade não muda nada na vida de ninguém. Nem na minha... (se não fisiologicamente, claro... ) Mas lidar com ela de forma otimizada será meu grande trunfo daqui pra frente.

Claro que tenho ainda muitas coisas a realizar, muitos projetos a tirar do papel e muitas idéias novas para ter ainda... Mas isso é só mais um detalhe... Enquanto houver planos, há vida! 
E a vida tá só começando.

2 comentários:

Carol Textor disse...

hahahahaha gostei do post!
velha coroca é muito gíria idosa. Ou melhor, gíria coroca!

Eu confesso, tenho pânico de envelhecer. PÂNICO histérico. E tenho estado em crise desde os 30. Outro dia eu era uma ninfeta voluptuosa, agora sou uma velha que tem dor no ciático. Francamente, não é bom. kkkkk!

Meu marido tbm é 4 anos mais novo e isso me faz sentir mais velha! tô lá assoprando 30 velinhas e ele 26! Ahhh meus 26. Isso que era vida.

Eu espero não pirar e não virar aquelas velhas esticadas e botocadas. E ainda tenho esperança de criarem a pílula da juventude antes que minha pálpebra caia. kkkk

Bjo

disse...

Carol, juro que quero saber envelhecer...Se eu continuar com a mesma cara de hoje melhor ainda...hahahaha
mas dá medo, né???
Só que é inevitável... então, vamos tentar melhorar sempre. Sem perder a razão e ficar com cara de Gretchen...hahahhaha pelo amor!!!!!!!!