terça-feira, julho 27, 2010

Pelo olhar da câmera mágica...

Helooo 'peoples'!!!!
Estou por aqui eu juro. Só ando meio sem tempo total de vir escrever aqui.
Mas hoje vim contar como andam as coisinhas da minha vida.
Eu vou casar, né? Todo mundo sabe disso. E vai ser um cerimônia civil, mas com um brinde em família... todo mundo tbm sabe disso. E que uma coisinha simples como essa pode virar um coisão cheio de detalhes todo mundo sabe tbm...
E aí que eu e o noivo estamos caminhando rumo ao altar e fazendo as coisas juntos, decidindo juntos, escolhendo juntos... Tivemos um estressezinho, é verdade, mas acho até que serviu pra gente se empenhar mais em agradar a nós mesmos.
Uma coisa que tava tirando o nosso sono eram as fotos. Sim pq todo mundo, sem exceção, fala que esse quesito tem que ser muito bem escolhido pq é o que fica para a posteridade.. (olha, que palavra lindaaa!!!!rsrsr)
Pensando nisso e mesmo tendo a convicção de que nosso casamento será um minimini casamento, não queriamos arriscar com alguém amador, mas por outro lado os orçamentos estavam fora de qualquer cogitação meramente sensata para os nossos planos. Bom, pesquisamos, vimos alguns trabalhos, nos indicaram alguns outros nomes e... nada...rsrsrs A conta não bate...
Ficamos muito animados com um fotógrafo bacanérrimo que tem um estúdio no meu bairro e que faz coisas lindas em casamentos, mas tbm ficamos muito animados com o trabalho de uma fotógrafa amiga da minha cunhadaemadrinha e que tbm é jornalista como ela e tem uma pegada bem moderna, coisa que eu e o noivo adoramos. Como a gente quer uma coisa diferente e que marque, estávamos bem na dúvida entre os dois. Só tínhamos que nos ajustar ao orçamento deles...enfim, coisas de quem quer casar sem grana, porém não deixar a coisa passar em branco. E como é dificil, pq não pedimos nada a ninguém...
Só que o universo conspira a nosso favor quando queremos muito alguma coisa, né? Isso é fato.
Ontem fomos convocados para uma reunião familiar e ficamos sabendo que ganhamos as fotos do casamento. Isso mesmo, ganhamos as fotos. Caramba!!!! que presentão. Minha cunhada, irmã do meu noivo, a pessoa mais louca que conheço... e a mais emocionada e mais empolgada e mais apaixonada pelo irmão... (embora não demonstre muito, mas isso é um outro assunto...) nos deu de presente as fotos.
Eu quase não consegui dormir de emoção...rsrsrs
O Noivo ficou emocionado, feliz, meio sem jeito... enfim, coisa de homem.
Eu tenho a dizer que não é só por causa do presente, mas percebo como uma decisão como essa (casar) mexe com as pessoas. Fica todo mundo que tá envolvido na história querendo ajudar, querendo presentear, querendo homenagear. E olha que eu mesma já achei o casamento uma barca furada... Será mesmo? Será que é isso? Acho que não. Basta que a gente se doe com respeito aos sentimentos e que os planos de um futuro bom sejam respeitados.  No fundo todo mundo quer ter uma família. Ninguém é uma ilha...
Quero registrar aqui o meu carinho ao Studio André Leal, em especial ao fotógrafo Giva Silva que nos atendeu maravilhosamente bem e a Monique Renne, fotógrafa, jornalista, amiga da madrinha, profissional premiada e tudo mais... Quem estiver em Brasília e de repente se interessar pelo trabalho deles, não se arrependerá. Eu vi... (e ainda não escolhi)...mas já posso dizer que a cobertura fotográfica do meu Minimini casamento será de primeira!!!
Eu conto mais depois. Beijoooo

2 comentários:

Dani Dickel disse...

Ai Fiquiticia!!!!!!
Fiquei imensamente feliz por vocês!!!! Sei o tanto que é dificil querer fazer as coisas da melhor forma e às vezes não poder... mas vocês são abençoados e têm amigos a parentes queridos e que amam vocês!!!! Isso sinceramente NÃO TEM PREÇO!!!! (para todas as outras coisas, existe o Martercard...)
Beijos,
Dani :)

RENATA PIRES disse...

Pois é... é bom saber que a gente tem apoio e pessoas queridas a nossa volta.
E tudo vai dando certo...rsrsr
obrigada.
beijo