quarta-feira, julho 14, 2010

Mateando solita!!!!

Ontem eu tava com a macaca verde...rsrrsrs
Fiz um monte de coisas do meu dia e quando cheguei em casa lembrei que ganhei do meu pai, na última visita dele minha casa na semana passada, uma garrafa exclusiva para o chimarrão. E ganhei erva boa tbm. Sim, pq a erva mate tem que ter qualidade, se não o "mate fica lavado..." rsrsrsr
Quando o meu pai estava lá em casa tomamos chimarrão juntos. Sempre que vou visitar minha mãe tbm tomamos muito chimarrão. Eu adoooro. É digestivo, tem um monte de benefícios e pra quem não acredita ainda é refrescante... mesmo sendo quente!! Enfim... Nunca tinha tido o atrevimento de arrumar um chimarrão sozinha. É uma arte colocar a erva mate na cuia... Tem que ter habilidades manuais...kkkk (coisa que sou desprovida devido ao 'estabanamento' da pessoa que vos escreve...rsrsr). Mas fui lá, fiz e venci. Ficou lindo, ótimo, saboroso... e ainda por cima coloquei chá verde que é pra dar a sensação de coisa mais saudável ainda...rsrsr (pra quem não sabe, tenho um vício chamado chá verde!!!). E tomei uma garrafa sozinha... arrumando a minha casa, escutando música e esperando o meu noivo chegar. Adorei. Sem contar que me deu uma saudade dessa terrinha que há tempos eu não visito...
Aqui tem um escritivo de vários benefícios do chimarrão. É uma boa leitura pra quem anda por aqui no meu blog e não sabe muita coisa dessa bebida do sul, tchê!
Beijos verdes hoje pra todo mundo!!!

4 comentários:

Dani Dickel disse...

Mas bah guria, quando tú quiseres tomar um mate, chega lá em casa que a mãe toma todo dia lá no aupendre....
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Beijos

RENATA PIRES disse...

kkkkkkkkkkkkkk
qualquer dia chego lá pra tomar um MatE com a Tia Mirka!!!!

Carol Textor disse...

Genteee, num consigo beber! Tá, nunca tentei kkkkk.
A família do meu marido é gaúcha, mas radicada no DF há tanto tempo que nem tomam mais...
quem sabe qdo eu voltar em Porto Alegre com ele eu num animo!??
Bjo

RENATA PIRES disse...

Ai Carol, anima sim...
Mas eu entendo. É uma tradição muito do povo de lá. É dificil que nunca tomou passar a amar de repente. Mas acontece muito de quem tomava parar, como o caso dos familiares do teu marido. Acontece muito. Eu mesma fiquei anos sem tomar.
Quem sabe um dia a gente marca e eu te ensino???rsrsrs
Beijão